Caminho Cultural de Cabril

Há 3 anos, Márcio Azevedo pensou em dar vida às paragens de autocarro em Cabril, partilhou com Susana Antão, uma apaixonada por Cabril, essa ideia. Foram longas as conversas e as negociações até que Julho de 2021 o projeto vem para o terreno. São 8 paragens e um depósito, de Fafião a Lapela, 8 artistas tiveram a seu cargo interpretar visualmente as tradições e ofícios de Cabril. A vezeira das cabras e vacas, o ciclo de azeite, o ciclo do linho, a colheita do milho, a cozinha tradicional e o mel através da silha dos ursos. Quem atravessa Cabril vê que as aldeias tem mais vida para além da cor das suas paisagens naturais.

  • Neste cantinho deixe um pouco de si, leve o melhor de nós.

  • A natureza pede socorro, faça a sua parte, não deixe lixo, todos agradecemos

  • Cada visitante é responsável pelo seu lixo, deixe-o nos locais apropriados

  • Compre nos produtores locais, ajude a sermos sustentáveis.

  • Não há terras bonitas se estiverem sujas

  • Não deixa o lixo no chão da sua casa, então não o deixe na natureza, esta é a nossa casa.

  • Na natureza, deixe apenas pegadas, tire fotografias e leve boas memórias.

  • Poupar energia, reciclar o lixo e economizar água não são obrigações, são deveres.

  • Trazemos a nossa freguesia no coração, passa por cá e leva-a também no teu

  • Deixe que os seus actos sejam uma pegada verde no seu trilho.

  • A preservação da natureza, é uma responsabilidade de todos, não deixe lixo, traga-o consigo

  • Colhemos o que plantamos, não deixe lixo, deixe sementes.

  • Entre vales e montanhas, há sempre sítios fantásticos para conheceres, aventura-te

  • Uma vida parada é uma vida sem cor, por isso vem trazer a tua boa energia e colorir ainda mais a nossa freguesia


©  Cabril Serra do Gerês | Política de Privacidade | Powered by Ricardo Magalhães Design